Ben & Jerry’s LGBTI+ Campanha Com Ben & Jerry's e All Out

Scroll
Combate à violência institucional contra a comunidade LGBTI+

O Brasil é um dos países com os maiores índices de violência contra a comunidade LGBTI+. Em junho de 2019, a campanha #ÉCrimeSim, capitaneada pela AllOut em parceria com organizações do campo de direitos LGBTI+ e impulsionada pela Ben&Jerry’s, conseguiu uma vitória histórica: a decisão por parte do STF de que a discriminação contra pessoas LGBTI+ deve ser crime no Brasil. Equiparada ao racismo, a LGBTIfobia tornou-se crime inafiançável e imprescritível, que pode ser punido com um a três anos de prisão e, em alguns casos, multa.

Mesmo com a decisão do Supremo Tribunal Federal de criminalizar a LGBTIfobia no Brasil, pouca coisa mudou. A maioria dos estados não se adaptou a receber denúncias de LGBTIfobia e a violência institucional contra a comunidade LGBTI+ segue se manifestando de diversas formas – da abordagem policial até o momento da denúncia, passando por diferentes formas de humilhação ou discriminação das pessoas LGBTI+ dentro da delegacia.

02. Visão e Estratégia

Desafio

O grande desafio do projeto é evidenciar os casos de violência institucional cometidos pelo estado sobre a comunidade LGBTI+ e mobilizar pessoas para pressionar o governo e as secretarias publicas de segurança para que apliquem o protocolo policial para o enfrentamento da violência da LGBITfobia no Brasil.

Abordagem

Desenvolvido pela Fundação Getúlio Vargas, em parceria com as organizações ABGLT, ANTRA e RENOSP, o Protocolo LGBTI+ aponta diretrizes básicas para a abordagem policial correta, o procedimento e o registro de ocorrências de crimes LGBTIfóbicos, sempre de forma humanizada.

Era necessário, portanto, uma campanha para impulsionar a percepção pública de que a lei anti-LGBTIfobia de 2019, na prática, não saiu do papel. E pressionar os governadores de todo o país a orientarem suas forças de segurança a agirem conforme a lei e o protocolo.

Teoria de Mudança

Impulsionar mudanças na opinião pública em relação ao descaso do estado e a falta de segurança pública para a população LGBTI+ para pressionar pessoas tomadoras de decisões que possam implementar políticas de segurança pública.

Ação

Em parceria com a ABGLT, AllOut, Antra e Renosp, montamos uma coalizão contra a LGBTIfobia e desenvolvemos ações de comunicação que pressionem o governo e mostre para a sociedade civil que temos uma solução.

Objetivos

1. Adoção imediata do protocolo para aprimoramento das medidas de levantamento e análise de dados relativos a crimes de LGBTIfobia no país.

2. O fim da violência institucional a que estão sujeitos vítimas, denunciantes e suspeitos por meio de treinamento adequado para policiais civis e militares e guardas municipais;

03. Branding

O branding para esta campanha foi pensado para ser brilhante e evocativo, utilizando cores fortes e imagens cativantes, a fim de chamar a atenção do nosso público.

04. Campanha

Fizemos um lançamento para mais de 140 mil pessoas, disparando e-mails comunicando a relevância da campanha para a base de contatos da AllOut.

Site

Criação de um destino para a campanha contendo uma narrativa engajadora possibilitando a participação do público na campanha. A plataforma trouxe três elementos importantes: o formulário para captura das assinaturas, tradução do protocolo LGBTI+ para uma linguagem acessível e consolidação do conhecimento da sociedade civil para o tema.

Com objetivo de aproximar e humanizar o problema, desenvolvemos materiais que sensibilizam o público por meio de relatos pessoais de violência e por meio de uma linha editorial focada no problema e solução. A campanha foi divulgada no Instagram e Facebook da AllOut e da Ben & Jerry’s.

Além de divulgar a campanha nas redes sociais, focamos em fazer uma divulgação por meio de veículos de mídia e influenciadores conectados com o tema.

05. Parcerias e Principais Colaborações

Além da parceria com a Ben & Jerry’s e a All Out, a Purpose também colaborou com a ABGLT, ANTRA e RENOSP para formar uma coalizão dedicada a combater o estigma em torno da comunidade LGBTI+ e desenvolver ações de comunicação para pressionar o governo a agir também.

06. Cobertura de Imprensa e Mídia

A campanha ganhou atenção de diversos veículos de comunicação, como o Observatório G, ajudando a conscientizar sobre a questão dos crimes e estigmas na comunidade LGBTI+.

07. Impacto

Além das mais de 22 mil assinaturas na petição, e alcançando quase 200 mil pessoas, a Purpose também foi capaz de fortalecer a coalizão e consolidar a violência institucional como uma agenda que precisa ser enfrentada de frente, especialmente em um país com um dos taxas mais altas de violência contra a comunidade LGBTI+.

Impressões 170,000
Assinaturas 22,000
Conversão do Site 71%
Alcance rede AllOut 92,370
Total de Acessos 31,496
Resource:
Exploring Racial Equity Impact