WWF-Brasil

Scroll
Construindo campanhas de defesa como parceiro estratégico para uma organização sem fins lucrativos ambientalista brasileira

Purpose e WWF-Brasil estabeleceram um modelo de parceria contínua, com o objetivo de aprimorar a forma como a organização planeja e desenvolve campanhas de mobilização e de incidência política. A partir do acompanhamento estratégico e da realização de campanhas, Purpose e W experimentam novas metodologias e abordagens com o intuito de atingir novos públicos.

Nos 12 meses do projeto, a Purpose ficou responsável pela estratégia e execução de campanhas, incluindo a articulação dos diferentes times da organização e de parceiros externos

Além disso, também realizamos  o acompanhamento de cenário político, a identificação de oportunidades e o desenvolvimento criativo baseado em identificação de audiências estratégicas para as agendas trabalhadas e em valores importantes para a população brasileira.

02. Desafio & Abordagem

Desafio

2019 foi um ano de aprofundamento dos retrocessos ambientais e da criminalização dos movimentos sociais e da sociedade civil organizada. 

Do ponto de vista político, em 2019 tivemos um agravamento dos desmontes ambientais, com projetos e medidas visando o afrouxamento de medidas de proteção. Além disso, identificamos a desconexão entre as pessoas e a agenda de conservação – as pessoas até são favoráveis a essa pauta, mas não necessariamente sabem como agir em defesa dela ou entender a conexão entre, por exemplo, a proteção dos biomas e desafios que a afetam diretamente. 

 

Abordagem

Diante dos desafios analisados, e a partir de testes de mensagens que nos ajudaram a identificar audiências e apelos estratégicos, nossa atuação com o WWF Brasil se baseou em duas frentes centrais: criar cobertura política para impedir retrocessos ambientais, a partir de campanhas de respostas rápidas, e campanhas focadas em mudança de narrativas públicas, de modo a garantir também um ambiente público favorável à agenda de proteção socioambiental.

O projeto teve como objetivo desenvolver campanhas e fortalecer a capacidade do WWF em criar estratégias de incidência e mobilização na agenda socioambiental. Uma dessas campanhas foram a #MP910NAO e Cerrados.

03. Saldão da Amazônia #MP910NAO

Desde a eleição de Bolsonaro, a agenda ambiental já vinha passando por um processo de redução de recursos e sucateamento de seus mecanismos de proteção e fiscalização. A MP 910, editada em dezembro de 2019, faz parte desse processo. A medida representava o risco de anistia a grileiros e um grave risco à Amazônia e ao Cerrado. 

Diante do contexto da pandemia, a campanha se aproveitou do engajamento dos cidadãos em redes sociais para mobilizar as pessoas e gerar cobertura política, criando um cenário favorável para que tomadores de decisão estratégicos pudessem ser influenciados.

A Purpose foi responsável pela estrategização e execução da campanha, orientando a WWF e outras organizações em relação às diferentes etapas de engajamento e mobilização. Nisso, alguns pontos foram fundamentais no processo de construção das ativações: A definição da mensagem e da linguagem da campanha e co-criação das organizações. 

A campanha foi desenhada para criar um cenário em que, influenciando a agenda pública, tomadores de decisão se sentiriam coagidos a apoiar a pauta defendida pelas organizações envolvidas. A ideia era pressionar parlamentares a se posicionar contra a MP 910 e incidir na agenda de modo que ela não fosse votada, para isso, a campanha contou com três principais fases:

1. Awareness

Fase em que explicamos o que é grilagem e quais eram os riscos da MP 910

2. Incidência

Processo de pressão direta e indireta de parlamentares-chave. 

3. Mobilização

Etapa de expansão da cobertura política. Foi o momento em que a mobilização cresceu e os cidadãos passaram a cobrar alguns parlamentares em relação à medida provisória, exigindo que dissessem #MP910Não!

Celebridades/ Influenciadores / Key Collaborations 

Influenciadores e celebridades com grande audiência falaram sobre a campanha e postando #MP910Não, como Anitta, Leandra Leal, Taís Araújo e Mateus Solano.

Organizações Parceiras

Press Coverage / Media

A hashtag #MP910Não ficou dois dias seguidos nos Trending Topics do Twitter, com mais de 120 mil publicações.

 

Impact

MP 910 não foi votada. Além disso:

Pressões pela landing page Saldão da Amazônia +30 mil
Impressões nas redes sociais +5 milhões
Parlamentares pressionados diretamente no Twitter 114
04. Cerrados Campanha

Apesar de sua importância para o Brasil e para o mundo, o Cerrado é alvo de uma ocupação irregular e descontrolada de suas áreas. Se a Amazônia tem cerca de 70% de áreas públicas e boa parte de seu território protegido por unidades de conservação e terras indígenas, o Cerrado está majoritariamente nas mãos do setor privado. E é ponto pacífico entre ambientalistas que tanto as políticas governamentais como as iniciativas de produtores rurais e empresas do agronegócio deixam a desejar quando o assunto é a preservação da savana brasileira.

Somado a isso, do ponto de vista da agenda pública nacional, há um desconhecimento dos cidadãos em relação ao bioma, sua importância e os riscos que vem sofrendo. 

A campanha Cerrados nasce da necessidade de contar as histórias do Bioma a partir daqueles que ajudam a protegê-lo. Em um momento em que a agenda ambiental tem sofrido constantes ataques, a Cerrados chega com desejo de despertar nos cidadãos e cidadãs de todo o país a responsabilidade de cuidar.

Todas as narrativas e ferramentas foram desenvolvidas a partir de um intenso processo de escuta de diversas organizações e lideranças locais, em especial, das entidades e parceiros da Rede Cerrado. A partir disso, definiu-se como produtos principais da campanha um podcast para contar as histórias de mobilização local, um chatbot com dicas de ferramentas de engajamento e um site para agregar os principais conteúdos da campanha.

 

Podcast

Chatbot

Site

Impact

Impressões +1,7 milhões
Mensagens enviadas ao chatbot +3 mil
Ouvintes únicos +600
Engajamento com as publicações +45 mil
Visitas ao site + 6 mil
Resource:
Exploring Racial Equity Impact